Atitudes para Evitar o Desperdício Doméstico e Economizar

11/10/2018
Atitudes para Evitar o Desperdício Doméstico e Economizar

Quando se fala em sustentabilidade, muita gente pode achar que esse é um conceito distante. No entanto, evitar o desperdício doméstico também é uma forma de consciência social e ambiental. Tomar atitudes para economizar e não gastar recursos à toa faz muita diferença não só nas contas do lar, mas também ajuda a reduzir o desgaste ambiental.
Pequenos e simples cuidados podem ser o diferencial no seu orçamento mensal. Portanto, fique atento às dicas a seguir para colocar em prática um novo estilo de vida, muito mais econômico. Boa leitura!



Quais são os prejuízos do desperdício doméstico?
Quando você extrapola no gasto de água, está utilizando parte do pouco que resta desse recurso no planeta. Mas 70% da Terra não é coberta por água? — você deve estar se perguntando. Sim, mas apenas 2,5% desse total é doce, e a maioria está em geleiras. Portanto, uma crise global por falta de água não é um perigo distante.
E não é apenas por meio da torneira aberta que se desperdiça esse bem precioso. Mais de 60% da água retirada de reservatórios naturais é utilizada na agricultura, para irrigação. Ou seja, quando você estraga alimentos, por tabela, também está jogando fora a água que foi utilizada no processo produtivo.



Além desses aspectos, há o desperdício de energia. Seu consumo em excesso causa diversos prejuízos ao meio ambiente. Por exemplo:
- as hidrelétricas represam rios e modificam os ecossistemas, impactando na existência de inúmeras espécies;
- as termelétricas a carvão ou gás natural poluem o ar, causando o efeito estufa, a chuva ácida e prejudicando a respiração;
- as termelétricas à biomassa ocupam espaços de solo que poderiam ser usados para a produção de alimentos e favorecem o desmatamento;
- as usinas nucleares produzem rejeitos radioativos e trazem riscos de acidentes gravíssimos.



Isso sem falar que o seu bolso é diretamente impactado. Você já parou para pensar que o dinheiro que vai para as contas de água, luz, telefone e supermercado está deixando de gerar patrimônio e segurança financeira para toda sua família?
Com a redução desses gastos, a ação mais correta e inteligente é buscar formas de poupar e transformar esse dinheiro em bens, como imóveis — para garantir estabilidade a longo prazo —, e veículos —para melhorar a qualidade de vida da família.



Como evitar o desperdício em casa de forma simples?
Algumas das dicas a seguir podem já ser velhas conhecidas, mas é sempre bom relembrá-las e fortalecer o compromisso de colocar cada uma em prática. O lado bom? Todas elas são simples, não exigem gastos altos nem modificam seu estilo de vida drasticamente. Vamos lá?
Evitando gastar água em excesso
Não abrir muito a torneira para lavar a louça
Quem disse que é preciso um jato forte para tirar a sujeira dos pratos? O esforço está muito mais no uso de detergente e esponja que na água em si.
Pouco mais que um filete de água já é suficiente para enxaguar a louça. Portanto, tente abrir a torneira apenas o necessário.
Retirar restos de comida antes da higienização das louças
Para facilitar o processo (e torná-lo mais higiênico), uma dica é retirar os restos de comida antes de lavar a louça.



Com a esponja ou papel toalha, faça uma pré-limpeza dos pratos diretamente sobre a lixeira. Assim, você evita prolongar a lavagem e economiza água. E o melhor, ainda elimina a passagem de resíduos para os canos e reduz o risco de entupimento.
Fechar a torneira enquanto escova os dentes
Quantas vezes você já ouviu isso? A escovação cuidadosa dos dentes demora algum tempo e pode representar muito desperdício.
Para se ter uma ideia, a vazão média de uma torneira é de 9 litros por minuto, ou seja, bastam 10 minutinhos para que 90 litros de água tratada sejam literalmente jogados fora.
Ter cuidado com o gasto de água no banho
Se uma torneira leva embora essa quantidade de água, imagine o chuveiro! Por isso, é ainda mais importante ser econômico durante o banho. Não deixe seu chuveiro ligado enquanto passa sabonete ou lava o cabelo.



Além disso, procure controlar o tempo máximo do seu banho. É preciso apenas 15 minutos embaixo da ducha para que 135 litros de água escoem pelo ralo.
Reaproveitar a água da máquina de lavar.



Um ciclo de lavagem pode consumir até 200 litros de água, que poderiam ser reaproveitados para outros fins. Se você recolher tudo isso, pode reutilizar para lavar pisos e calçadas, por exemplo.
Acredite, esse tipo de atitude pode representar muita economia na sua conta!
Evitando desperdiçar comida.
Fazer uma lista do que falta antes das compras.



Antes de partir para as compras, vale a pena checar a geladeira, despensa e armários para ver o que ainda tem em estoque e o que precisa ser reposto. Se comprar demais, pode acabar com vários itens vencidos ou estragados.
Não colocar comida em excesso no prato.
É melhor repetir do que deixar comida no prato. Essa é uma frase que muitas mães dizem, com sabedoria.



Ensine sua família a colocar no prato uma quantidade menor de alimentos. Isso é muito importante, pois ajuda a evitar o desperdício de alimentos.
Preparar alimentos antecipadamente.



Um hábito inteligente é preparar macarrão, arroz e feijão, por exemplo, para várias refeições e guardar as sobras em potes de vidro na geladeira. Assim, você evita:
- utilizar o fogão muitas vezes;
- deixar restos de comida nas panelas;
- lavar a louça diversas vezes.



Reaproveitar o que está na geladeira.
Por falar em comida preparada, um problema frequente das famílias é deixar estragar aquilo que está guardado na geladeira. Em vez de preparar pratos novos, que tal reaproveitar o que já está pronto?
Existem várias receitas simples e deliciosas feitas a partir de arroz, carne, frango e outros itens do dia anterior.
Priorizar o consumo de frutas e verduras.



Nesse processo de não deixar comida estragar, lembre-se de priorizar o consumo de frutas e verduras. Por estragarem muito rápido, basta pouco tempo para aquela maçã apetitosa e alface fresquinha começarem a murchar.
Portanto, procure consumir esses alimentos rapidamente, seja em sucos, sanduíches ou saladas.
Evitando gastar energia elétrica.
Não deixar a TV ligada à toa.



Muita gente gosta de deixar a TV ligada mesmo sem prestar atenção à programação. Isso pode impactar bastante a conta no fim do mês.
Uma TV LCD, por exemplo, pode consumir o equivalente a R$ 19,20 por mês. Um tempo maior de uso pode aumentar bastante esse valor. E imagine esse gasto somado ao dos outros eletrodomésticos da casa!
Conferir as luzes antes de deitar.
Dormir com a luz acesa é um hábito que não faz bem nem para a saúde, nem para o bolso. Antes de deitar, dê uma volta pela casa e confira se todas as luzes internas e externas estão apagadas.



Trocar as lâmpadas por modelos mais econômicos
As lâmpadas amarelas são as chamadas incandescentes. Elas, entre todos os modelos, são as que consomem mais energia. Trocá-las por outros modelos mais econômicos é uma excelente forma de reduzir o consumo sem modificar a rotina.
Modelos fluorescentes são mais econômicos, mas as lâmpadas LED superam todas as demais. Mesmo sendo mais caras, com o tempo elas compensam o gasto, já que duram muito mais tempo.



Retirar os aparelhos da tomada
Eis uma prática que reduz o gasto de energia e os riscos de acidentes domésticos. Isso porque mesmo que os aparelhos não estejam sendo utilizados, ainda há transmissão de corrente elétrica pela tomada. Além disso, deixá-los desligados evita danos por oscilações na corrente elétrica.
Programar dias para lavar e passar roupas



O consumo de energia da máquina de lavar e do ferro de passar está entre os maiores em relação aos eletrodomésticos de casa. Para evitar usá-los muitas vezes, organize a rotina da família para lavar e passar as roupas em dias específicos. Assim, você evita aumentos desnecessários nos gastos com eletricidade.
Viu? Como prometemos, foram dicas simples e práticas para ajudar você a diminuir o desperdício doméstico. Gostou do conteúdo? Então aproveite para saber como a reciclagem de produtos pode incrementar a economia e ajudar nas finanças domésticas!

@GLOBOCONSTRUTORA